terça-feira, 13 de março de 2012

MEU ULTIMO VERSO

Entretido em meus pensamentos
Pego uma folha de papel
Penso em fazer um poema
Olhando o azul do céu

Talvez só falte alguém que me inspire
A fazer versos de amor
Meu coração está partido
Estou chorando minha dor

As lágrimas molham meus olhos
Minha cabeça gira, pela tontura
Estou amargurado dessa vida
Dessa vida taciturna

Queria fazer meu ultimo verso
Olhando seu rosto bronzeado
Mas procuro por toda parte
E vejo que não estás ao meu lado

Mas por que fostes embora
Sei que por egoísmo meu
Devo pedir te perdão
Chorando no ombro teu

Você olhará pra mim
Dizendo que estou perdoado
Que sabe que errei muito
Mas só és feliz ao meu lado
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário